top of page

Torneio Classificatório Catan 2023 Teresina


Durante o 10º Cajuína Meeple, a Homo Ludicus vai promover seu segundo torneio classificatório de Catan, valendo vaga para o Torneio Nacional da DEVIR.


Pelo segundo ano, teremos a Classificatória Catan de Teresina, promovida pela Homo Ludicus em parceria com a DEVIR. No ano passado o nosso torneio foi um sucesso, com onze participantes, e teve como campeão o nosso amigo Dimitri Dantas.

Por falar em campeão, o Torneio Classificatório de Catan 2023 dará direito aos 4 finalistas participarem do Torneio Nacional, organizado pela DEVIR, que acontecerá no mês de agosto em São Paulo. Já o campeão levará para casa, como prêmio da Homo Ludicus, uma cópia lacrada do jogo Sonora, lançado pela DEVIR em 2022.

A Classificatória de Catan Teresina vai acontecer dentro do Cajuína Meeple, o nosso querido encontro de jogos de tabuleiro que está de volta depois de uma longa pausa. O Cajuína Meeple vai acontecer nos dias 5 e 6 de agosto, das 12h às 22h, no Teresina Shopping, em frente ao setor de vacinas. Dentro do Cajuína Meeple, o nosso Torneio de Catan acontecerá no sábado, 5 de agosto, a partir das 11h.

Para participar do Torneio de Catan, você deve pagar a taxa de inscrição no valor de R$ 15,00 (quinze reais). Caso queira aproveitar e ficar no Cajuína Meeple para conhecer outros jogos após o Torneio, é só pagar um adicional de R$ 5,00 para o sábado ou R$ 10,00 para o sábado e domingo.

Leia atentamente o regulamento do Torneio (Regulamento Oficial da DEVIR) e comente "Concordo com o regulamento" ao final deste post. Depois é só entrar em contato com a Homo Ludicus pelo instagram @homoludicus ou pelo whatsapp 86 99998 4371 e garantir de já a sua inscrição. VAGAS LIMITADAS!!!


REGULAMENTO OFICIAL DO TORNEIO CLASSIFICATÓRIO CATAN 2023

Este regulamento tem por base o regulamento dos últimos Campeonatos Mundiais de Descobridores de Catan, realizados na Filadélfia, em 2012; Berlim, em 2014; Durango, em 2016; Colônia, em 2018; e Malta, em 2022,tendo sido adaptado ao contexto nacional.


Arbitragem

● Todas as etapas qualificatórias serão coordenadas pelo seu organizador previamente aprovado pela Devir, e a Final do Nacional será supervisionada por representantes da Devir.

● Em qualquer mesa na qual as regras gerais do jogo não sejam respeitadas, os jogadores deverão solicitar imediatamente o árbitro. A sentença do árbitro é definitiva, e os jogadores deverão aceitar sua decisão. Caso as regras não sejam respeitadas, mas os jogadores não informem imediatamente ao árbitro, a situação será considerada regular e os jogadores deverão concordar com o resultado final do jogo.

● Caso os jogadores sintam-se prejudicados com o resultado de qualquer jogo, devido a irregularidades ou regras não cumpridas, deverão informar

imediatamente ao árbitro. Uma vez registrado o resultado e atualizada a tabela classificatória, todas as reclamações serão desconsideradas e nenhum resultado poderá ser alterado. O árbitro terá a palavra final quanto ao resultado do jogo.

● Caso as regras do jogo sejam propositalmente desrespeitadas por algum jogador, o árbitro poderá desqualificá-lo da etapa em questão; neste âmbito, incluem, mas não se limitam, contagens adulteradas, a posse de mais de uma peça simultaneamente e a recolocação de meeples. Essa

desqualificação poderá ocorrer apenas durante o decorrer de um jogo ou logo após seu encerramento.

● Qualquer jogador que perturbe o bom funcionamento de uma etapa poderá ser desqualificado, tanto por decisão do árbitro quanto do

representante da Devir. Neste âmbito, incluem, mas não se limitam, atitudes agressivas, linguagem imprópria, postura física ou questões de higiene.

● Em caso de interrupção devido ao som de seu próprio smartphone, o jogador será advertido pela organização da prova. Caso a situação se repita, o jogador poderá ser excluído da competição, sem direito a apelo. O mesmo se aplica caso haja interação com elementos externos à competição

durante o decorrer de qualquer partida.


Formato

● O idioma oficial da competição é o português brasileiro, e todos os jogos serão disputados usando a versão base da edição nacional de Catan.

● A inscrição e a participação no Campeonato Nacional de Catan pressupõem o conhecimento e a aceitação das regras do jogo, bem como deste

regulamento.

● Jogadores que não tenham nacionalidade brasileira ou certificado de residência fiscal não poderão participar da etapa qualificatória nem do Nacional, consequentemente.

● De um modo geral, quando interessados em participar e desde que os pais e/ou responsáveis assim permitam, a idade mínima recomendada é a

indicada na própria caixa do jogo, ou seja, 10 anos. Todos os menores de 18 anos deverão estar devidamente autorizados e acompanhados por um

responsável legal durante a totalidade dos eventos.

● O organizador tem autoridade para definir um tempo limite de turno, por jogador. Sendo assim, o turno de cada jogador passa a estar limitado a 1 minuto, contudo, nenhum jogo será encerrado antes que um dos jogadores atinja os 10 pontos de vitória.


Fase Qualificatória

Informações Básicas

● Os jogadores interessados podem inscrever-se mediante pagamento da taxa especificada pela organização. Os jogadores que tiverem vencido

uma etapa ficam impedidos de participar nas demais Etapas Qualificatórias, assim como os jogadores que abandonaram precocemente qualquer etapa anterior. Cada qualificatória é realizada com um mínimo de 6 participantes e o número limite nunca deve ultrapassar 32, estabelecido localmente.

● Cada jogador disputará duas partidas de Catan, variando a posição inicial, bem como os adversários. Os jogadores serão distribuídos de modo a maximizar o número de mesas de 4 jogadores, havendo um máximo de 3 mesas com 3 jogadores, caso o número total de participantes não seja divisível por 4. Vitórias concedem 1 ponto, enquanto derrotas oferecem 0 pontos.

● A variação de posição inicial deverá ser efetuada da seguinte maneira: Mesas de 4 jogadores - Jogador que na primeira partida jogue na posição 1 deverá jogar a segunda na posição 3 e vice-versa; quem tiver jogado na posição 2, deverá jogar na

posição 4 e vice-versa. Mesas de 3 jogadores - Jogador que na primeira partida jogue na posição 1 deverá jogar a segunda na posição 3 e vice-versa; caso tenha jogado na posição 2, deverá voltar a jogar na mesma posição. Atenção: em competições com mesas de quatro, sempre que possível, os mesmos jogadores não deverão voltar a jogar a três.


Sobre o Formato

De acordo com o número de participantes que podem se classificar para a Final Nacional, após as duas partidas da Fase Inicial, as semifinais ou a grande final poderão acontecer, isto é, de acordo com a seguinte distribuição:

● 8 a 16 jogadores – 2 rodadas + final a 4

● 17 a 32 jogadores – 2 rodadas + semifinal (Top 8 em 2x4) + final a 4

A escalação dos semifinalistas, se aplicável, deverá ser realizada através da tabela utilizada na Final Nacional (Tab. 2). * O formato dos torneios de CATAN não é suíço. Os jogadores devem ser emparceirados de forma aleatória evitando ao máximo que joguem com os mesmos oponentes.


Sobre a Obtenção de Vagas para o Nacional

● Os quatro jogadores mais bem pontuados após as rodadas de cada etapa classificatória receberão vagas para a Grande Final Nacional.

● O Campeão Nacional de 2022 terá sua vaga automaticamente atribuída ao Campeonato Nacional 2023,

● A Final Nacional reunirá os classificados nas diversas etapas das Fases de Qualificação, e deverá ocorrer em São Paulo - local a definir – em 19 de agosto.

● Os jogadores que se classificarem para a Final Nacional comprometem-se a comparecer no local anunciado, na data e no horário determinados posteriormente. Os jogadores qualificados poderão renunciar a esse direito até as 23h59 do dia seguinte à realização da última Etapa Qualificatória, comunicando diretamente o Coordenador da Devir cujos contatos constam neste documento.


Sobre o Reporte de Resultados

● O organizador de uma Etapa Qualificatória deverá reportar os resultados de seu evento dentro de cinco (5) dias úteis após sua realização, sem exceções.

● O reporte deverá ser realizado via e-mail para a DEVIR e deverá incluir o total de jogadores e o nome/e-mail dos quatro primeiros colocados.

● Caso um evento precise ser cancelado devido a quaisquer motivos, como ausência de jogadores, etc, o organizador ainda deverá notificar a Devir formalmente através do mesmo e-mail.

● A falha em concluir o reporte conforme especificado acima poderá afetar diretamente sua participação como organizador dos próximos eventos.


Responsabilidade sobre o material

● A organização do torneio fornece as caixas dos jogos com todos os componentes necessários para o seu funcionamento.

● A organização da competição determina aleatoriamente a composição do tabuleiro de jogo. Em todas as rodadas da Fase Inicial, assim como nas Semifinais, todas as mesas jogarão em um tabuleiro com características idênticas, sorteado no momento pelo árbitro e preparado pelos jogadores de cada mesa.

● Cada jogador é responsável pela verificação do número de peças que possui no início de cada jogo (5 aldeias, 4 cidades e 15 ruas). Caso vários participantes queiram jogar com a mesma cor, prevalecerá a decisão do jogador inicial e assim sucessivamente.

● À exceção das finais, tanto das Etapas Qualificatórias quanto da Final Nacional, em todos os jogos, o jogador responsável pela distribuição e recolhimento das cartas será aquele que jogou primeiro, ele deverá ser claro quanto a todas as movimentações que incluam a si próprio. Esse jogador também será responsável por conferir e embaralhar as 25 cartas de desenvolvimento, devendo notificar o árbitro imediatamente caso haja alguma irregularidade.

● Todos os componentes do jogo deverão ser mantidos sobre a mesa do primeiro ao último minuto, de forma que estejam facilmente visíveis para todos os jogadores. Isto se aplica em especial às cartas, tanto as de recursos quanto, e imprescindivelmente, as de desenvolvimento.

● As cartas de desenvolvimento recém-obtidas deverão ser mantidas separadas das que o jogador já possui; caso esta regra não seja cumprida, o jogador abdica da oportunidade de jogar uma carta de desenvolvimento até o seu próximo turno.

● É permitido que os jogadores registrem todas as informações que desejam, incluindo os resultados do lançamento dos dados durante os jogos. No entanto, se algum jogador desejar fazê-lo, deverá haver um anúncio público sobre esse interesse, devendo a organização do evento ser igualmente informada. Nesse caso, todos os dados deverão ser misturados e redistribuídos pelas mesas na transição das rodadas e/ou das fases. Se durante uma partida algum jogador desejar ausentar-se do local da competição, ainda que por meros instantes, deverá solicitar o consentimento de seus adversários diretos, bem como da organização.


Regras adicionais e esclarecimentos

O conteúdo dos procedimentos seguintes visa esclarecer algumas situações que regularmente causam confusão em Catan. Todas estas noções (ainda

que possam ser contrárias às regras do jogo) deverão ser reconhecidas como as regras oficiais do Campeonato Nacional de Catan, e prevalecer sobre

quaisquer outras.

● O turno de um jogador tem início no lançamento dos dados, entretanto, os jogadores podem jogar uma carta de desenvolvimento antes de fazê-lo, abdicando desse direito até o início do turno seguinte.

● Não é permitida a construção de ruas a partir de qualquer aldeia ou cidade de um adversário. O comprimento da estrada comercial será interrompido caso um adversário construa entre dois segmentos da mesma, formando dois segmentos distintos.

● É permitido aos jogadores a passagem imediata à cidade de uma aldeia que acabou de ser construída. Para que isso seja possível, os jogadores

deverão possuir os recursos para ambas as construções e não poderão, em hipótese alguma, acumular seis aldeias no tabuleiro.

● Se um jogador comprar uma carta de desenvolvimento e essa mesma carta for um ponto de vitória que lhe conceda os 10 pontos necessários para

vencer o jogo, ele deverá revelá-la imediatamente. Essa é a única situação em que uma carta de desenvolvimento pode ser revelada no turno em que é comprada; caso um jogador adquira um “Cavaleiro” que o faça passar a deter a bonificação atribuída ao Maior Exército de Cavalaria, ele deverá aguardar até o seu próximo turno para revelá-la, mesmo que tal ação lhe proporcionasse a vitória imediata.

● Não existe qualquer distinção entre a fase de negociação e a fase de construção.

● Qualquer porto pode ser usado no turno em que tenha acabado de ser construído.

● Um jogador vence o jogo no momento em que possuir 10 ou mais pontos de vitória (para a classificação geral, serão considerados somente 10) no

final do seu turno. Caso não declare a vitória em tempo hábil, o jogador deverá esperar pelo seu próximo turno, correndo o risco de outro jogador

declará-la, entretanto, sem prejuízo de quem o fizer. Se assim acontecer, o jogador que, por descuido não declarou sua vitória, continuará marcando 10 pontos, embora não sejam considerados para a tão importante vitória.

● Caso não existam cartas suficientes de algum recurso, para que todos recebam a quantidade que têm direito, então nenhum jogador receberá

qualquer carta desse recurso, prosseguindo o jogo normalmente em relação aos demais recursos.

● O ladrão está ativo logo no início do jogo, incluindo no primeiro lançamento do dado, ou seja, não existe qualquer período de benevolência. Durante o jogo, o ladrão poderá ser movimentado de novo para o deserto, caso o jogador responsável pela sua movimentação assim o entenda, podendo o roubo de uma carta ocorrer em qualquer construção no mesmo.

● Todas as situações não previstas, ou omissas, neste Regulamento Geral serão interpretadas e resolvidas de acordo com as regras do bom senso e as práticas comuns entre jogadores de jogos de tabuleiro em geral, pertencendo a palavra final ao árbitro e/ou ao representante da Devir.


Etapas Qualificatórias

Os quatro vencedores de cada Etapa Qualificatória receberão vagas para o Campeonato Nacional de Catan.


Final Nacional

● O 4º Classificado da Final Nacional recebe um jogo da Devir e um troféu.

● O 3º Classificado da Final Nacional recebe dois jogos da Devir e um troféu.

● O 2º Classificado da Final Nacional recebe três jogos da Devir e um troféu.

● O 1º Classificado da Final Nacional recebe o troféu de Campeão Nacional e o Convite para o Continental de Catan, que será realizado em local a

definir, com direito a passagem (voo) providenciada pela Devir. E também convite para o Mundial de Catan, que será realizado em local a

definir, sendo os custos de viagem de responsabilidade do jogador.

● Os jogos concedidos aos participantes da Fase Final Nacional serão antecipadamente divulgados pela Devir. Outros prêmios poderão ser

adicionados. Todos os prêmios serão entregues, sem exceção, em uma cerimônia dedicada, que será realizada logo após a conclusão da Grande Final Nacional, incluindo os sorteios.


Prontinho. Agora é só comentar logo aqui abaixo, entrar em contato com a Homo Ludicus e confirmar a sua participação. A gente se encontra no Torneio de Catan 2023, dentro do Cajuína Meeple. Mas antes vejam algumas fotos do Torneio de Catan 2022:


 

Este é o Carlos Henrique, o CH.

Esta é a Elaynne.

O CH escreve melhor que a Elaynne.

A Elaynne joga melhor que o CH.

Os dois são o casal que leva pra frente a Homo Ludicus. Juntos, eles dão a sua parcela de contribuição para ver o hobby crescer em nossa cidade e nosso Estado.



Posts recentes

Ver tudo

14 Comments


Agnayo Borges
Agnayo Borges
Aug 04, 2023

Concordo com o regulamento!

Like

Weverghton Ribeiro
Weverghton Ribeiro
Aug 04, 2023

Concordo com o regulamento!

Like

Concordo com o regulamento!

Like

Dielson Rocha
Dielson Rocha
Aug 01, 2023

concordo

Like

Renato Macedo
Renato Macedo
Aug 01, 2023

Concordo com o regulamento

Like
bottom of page